FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Pelo Espírito: Irmão Jorge

Queridos e queridas irmãs e irmãos, amigas e amigos em Cristo Jesus!

Estamos aqui, em nome Daquele que tudo pode, Aquele que plantou o amor em nossos corações e trouxe-nos a vida por seu amor e para o eterno trabalho em seu filho, o Cristo consolador.

Podemos afirmar que somos seres beneficiados e, explico porquê.

Muitos, ainda, não encontraram Deus, uns porque seus corações se acham adormecidos na noite da ignorância e outros porque não desejaram, no exercício de seu livre arbítrio.

Outros buscam o Pai, incessantemente, mas, ainda, não tiveram a oportunidade de encontrá-lo.

Ao mesmo tempo, alguns irmãos, na ânsia de beber na fonte da água fecunda e eterna, se perdem pelo caminho e, voltam à estaca zero, perdidos neste mundo, na busca de respostas.

Há os que O encontraram, mas não sabem como pôr em prática o ensinamento e o amor recebido.

Por outro lado, tem aqueles que encontraram o Pai de Bondade e têm a oportunidade grandiosa de colocar em prática todo ensinamento recebido colocando, desta forma, em ação a máxima que diz “é dando que se recebe.”

E, portanto, amigas e amigos, sintam-se privilegiados pela oportunidade do trabalho, pois são abençoados pela bênção concedida.

E, desse modo, busquem colocar em ação o amor de Deus, e o exemplo de Jesus o consolador planetário.

Somos parte, todos, de uma mesma família, imbuídos em encontrar nosso caminho, na senda da evolução eterna.

Mas isso só será possível pela prática da caridade, do trabalho abnegado e sincero. Na ordem da ação em Cristo sejamos sempre presentes em sentimento e vida ativa como verdadeiros mensageiros do Mestre amado.

Muitos precisam deste grupo espírita, nesse passo, sejamos e estejamos sempre prontos ao trabalho.

Fraternalmente,

Irmão Jorge
Psicografia: Mário Araújo de Lacerda
Comunhão Espírita de Brasília
Grupo Meimei
(18.07.2015 - 18h)

Nenhum comentário:

Postar um comentário