FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Pelo Espírito: MTC

Quando abrimos nosso coração à Deus, à Jesus e aos bons espíritos permitimos sentir a verdadeira força que dá destino a esse mundo como à todo universo.
A flor do amor perfuma e suaviza nosso pesar, pois onde ela brota, nasce a presença de um mundo melhor, renovador e revigorado.
Agora olhemos ao horizonte e vislumbremos os raios de sol que cintilam e vazam pelos vãos dos vales, abençoando a cada ser que podes tocar.
Aquele que acredita no poder do Senhor tem os instrumentos necessários à renovação interior.
Sabemos que em horas de desespero esquecemos de quem somos, de onde viemos e qual nossa missão nessa existência.
Nem sempre é fácil e, por conseguinte, não é toda situação que temos acesso as respostas e as nossas indagações.
Quando guardamos, em nosso âmago o amor do Cristo, esses momentos de incertezas tornam-se passageiros, para ao fim, deixarem de existir por total.
Abracemos a causa espírita não só como uma religião, mas como uma verdadeira fórmula de condução social, econômica, política e cultural.
Seja o espiritismo uma sã filosofia na cercania de nossas vidas, dando o suporte racional para a abertura de um campo, cada vez maior de esclarecimento e revelação.
Quando buscamos, encontramos as respostas como os instrumentos necessários para consecução de nossas tarefas terrenas, alçando o adiantar das lidas, pela evolução incessante da alma, no mar eterno da paz, do amor e da felicidade incomensurável.
Saibamos guardar nossas forças para a verdadeira batalha, interna e externa e, para tanto, tenhamos a força motriz abastecida para gerar a energia insuperável e, só assim por em prática o lema de todos os cristãos:
“Amar a Deus sobre todas as coisas e amar teu próximo como a ti mesmo”


MTC

Psicografia: Danilo Gustavo
Comunhão Espírita de Brasília
Grupo Meimei
(7.11.2015 - 18h) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário