FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Pelo espírito: Irmão José

Ódio e ressentimento não são alicerce de coisa alguma, pelo contrário, são como a ferrugem que corrói e destrói.
Por mais que preencham o coração, transbordando para a mente, só fazem esvaziar a vida e, por conseguinte, a vontade de viver.
Quem tem por suporte, o ódio e o ressentimento, não tem a oportunidade de encontrar as respostas que afligem seu espírito.
Esse pobre e infeliz não possui paz na alma, a angústia é sua companheira, a decepção é a paga ao obreiro de tal ordem.
Afastem, pois, de seus corações o ódio e o ressentimento, pois, são elementos nocivos que contaminam a alma e tudo mais em seu ser.
Sofremos injustiças, isso é certo, porém não podemos nutrir nosso âmago com sentimentos de vingança, muito menos regá-los com ódio e com ressentimento.
Perdão meus irmãos, esse é o segredo da felicidade e da harmonia, em todos os setores da vida, sejam esses familiar, pessoal, profissional ou espiritual.
Perdoem sempre queridos amigos em Cristo, pois, está é a regra de ouro que Jesus nos ensinou.
No mar do perdão só há calmaria e contentamento.
No perdão tudo cria vida, tudo se transforma, a vida se torna leve, alegre e feliz.
Os negócios prosperam, as relações pessoais se tornam harmoniosas, e as companhias mentirosas se afastam.
Perdoemos, mas perdoemos sempre, uma vez que, o que o mundo mais precisa hoje é do perdão.
Precisamos nos perdoar, eis que nos encontramos na lida do aprendizado e, portanto, erramos e ainda erraremos muito, por isso, o perdão é essencial para o sucesso de nossa missão em Cristo.
Quando a vontade própria não for suficiente, quando a razão não for favorável ao perdão, não se acanhem, clamem ao Senhor por misericórdia, para que Ele lhes dê força, para assim, vencer as vicissitudes da vida.
Em tudo há solução, basta para isso aliar três forças poderosíssimas: perdão, fé e prece.
Todos em uníssono, seremos mais forte ainda, em Cristo Jesus, tudo poderemos.
Acreditem, tenham fé e lembrem-se sempre, perdoem tudo e todos, inclusive a si mesmo.
Cordial e fraternalmente,
Seu amigo,
Irmão José

Psicografia: Danilo Martins
Comunhão Espírita de Brasília
Grupo Meimei
(26.03.2016 - 18h)

Um comentário: