FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Pelo Espírito: José

O poder da cura.
Todos nós, sem exceção, possuímos o poder da cura, uns da cura do corpo, outros da cura da alma.
Temos dentro de nós, uma energia benfazeja, que pode trazer um pouco de alívio àquele que sofre.
Essa energia, essa força é inesgotável, não se preocupe que um dia ela possa acabar.
Pelo contrário, quanto mais se usa em proveito do próximo, mais ela se renova, e digo mais, ela se torna maior em quantidade e qualidade.
Os grandes líderes espirituais, os que congregaram multidões em torno de si, foram os que doaram essa energia com a mais pura e sincera generosidade.
Essa energia tem traços de matéria e de espírito, ou seja, ela atende tanto o corpo como a alma.
Não é preciso ter curso ou dons especiais para dispor dela.
Faz-se necessário apenas a boa vontade, a fé e a humildade para dela fazer a razão do amor do Pai por cada um de nós.
Um passe, uma oração ou uma mentalização é capaz de mobilizar essa energia em prol de quem mais necessita.
Sejamos pois um cântaro de energias salutares, dispostos sempre em distribuir à todos os que mais necessitarem.
Lembrem-se, essa energia renova tanto as células do corpo como da alma, portanto, façamos dela nosso instrumento da caridade.
Seu amigo.


José

Psicografia: Danilo Gustavo
Comunhão Espírita de Brasília
Grupo Meimei
(12.12.2015 - 18h) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário