FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Pelo Espírito: Meimei

Estamos chegando ao fim de mais um ano, este de muito trabalho, como de muitos desafios.
Na soleira da vida, encontramos uma infinidade de companheiros que aguardam o momento para o despertamento. Somos impelidos a demonstrar nossa ternura à essas criaturas que sentem sede e fome, da verdadeira vida.
Reflitamos: será que neste ano levamos o necessários consolo àqueles que se debruçam sobre os joelhos, agachados ao longo do caminho?
Não há discussão, o que há é trabalho.
Se não fomos capazes de cumprir nossas metas, então faz necessário a reflexão, para que o balanço seja feito, computando as obras e as necessidades. Só assim estaremos prontos para o ano vindouro.
E os projetos e as promessas não conquistadas que se renovem e cartas de amor ao Cristo, na esperança de um novo ano, completo e na certeza de uma lida de trabalho árduo e santificado.
A cada um dos membros deste grupo, que labutam dentro e fora da casa espírita, travando uma luta em prol de um mundo melhor, não só dos irmãos, mas em complemento do crescimento pessoal, quero dirigir algumas palavras em especial.
Força e confiança, pois o trabalho e a colaboração de cada um é de suma importância para esta casa, e mais, à todos os irmãos que se servem dos eflúvios salutares dessa atividade de luz.
Obrigado, seria muito pouco para retratar nossa felicidade em ter todos em plena harmonia, com esse mundo de luz e energias. Todavia, é nossa maior alegria em saber que as bençãos do Pai amoroso descem e penetram em cada molécula de sua existência.
Sem dúvida é esse o maior agradecimento que um obreiro espera receber.
Não deixo nenhuma recomendação, pois as atividades vem sendo realizadas a contento, e em conformidade com os ditames do alto.
De minha parte, só alegria e amor brota do coração em perfeita sintonia com cada um de vocês. Mais do que companheiros de trabalho, todos vocês, são minha família, a qual tenho em alta estima e, sobretudo, como verdadeiros irmãos e irmãs em Cristo.
Portanto, neste ano que floresce, estejamos prontos e dispostos a trabalhar, bem como, e, especialmente, prontos a colocar em pratica todos os projetos, novos e velhos, na santa luta do desenvolvimento pessoal.
Sintam-se todos, amorosamente, abraçados por esta filha do Pai de amor e bondade infinitas.


Meimei

Psicografia: Danilo Gustavo
Comunhão Espírita de Brasília
Grupo Meimei
(5.12.2015 - 18h) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário